Transporte Coletivo: o que muda e o que fica igual com a Blumob

19 de junho de 2017
Redação Cidade Plural

FOTO: Michele Lamin/PMB

A nova concessão do transporte coletivo de Blumenau começará oficialmente no dia 1º de julho, um sábado. A notícia foi anunciada pela Prefeitura de Blumenau na semana passada. O Grupo Comporte, proprietário da Viação Piracicabana, Penha, Catarinense, Linhas Aéreas Gol, entre outros, continuará na cidade, agora regularmente por um contrato de 20 anos. A empresa, que usará a marca Blumob, já está trazendo os novos veículos para a cidade. Saiba como será o serviço.

Veículos novos
Serão 100 novos e os outros 142 antigos, que deverão vir da frota atual da Piracicabana. O edital prevê 100% de renovação em três anos.

Sem articulado
Mesmo com veículos novos, as linhas troncais não terão os ônibus articulados, comuns principalmente na Linha 10 nos tempos de Consórcio Siga. As principais linhas deverão receber, no lugar, veículos maiores, com 15 metros de comprimento.

WiFi e tomada
A informação da assessoria de imprensa é que todos os veículos terão WiFi e tomadas. Os WiFi já são comuns na Viação Verde Vale, que faz o intermunicipal Blumenau-Gaspar. Quanto as tomadas, resta saber quantas e onde estarão instaladas

Acessibilidade
Todos os veículos terão acessibilidade, mas com uso de elevadores e não piso baixo, algo comum em várias cidades do Brasil e do mundo, que também já foi usado em Blumenau nos tempos do Siga.

Sem estações
As estações de pré-embarque feitas na gestão 2009-2012 continuarão desativadas e a estruturas funcionarão como pontos de ônibus normais. O Seterb informa que as linhas que usarem os veículos maiores, de 15 metros, terão duas catracas para facilitar o embarque.

Tarifa
Subirá para R$ 3,90 e inicialmente não haverá compensação financeira para quem compra as passagens antecipadas no cartão.

Funcionários
A legislação permite que ocorra uma transferência de funcionários, da Piracicabana para a Blumob, mas a decisão será do grupo que é proprietário das duas empresas. Os cobradores permanecem nos veículos, exceto em linhas especiais acordadas com o sindicato dos motoristas e cobradores (Sindetranscol).

Terminais
As licitações dos terminais do Água Verde e Itoupavas estão na fase da análise das propostas. De acordo com a assessoria do Seterb, os editais seguem regras internacionais, diferentes dos demais editais da Prefeitura.

Corredores de ônibus
No momento, há apenas um corredor de ônibus sendo construído na cidade, no prolongamento da Rua Humberto de Campos. A Prefeitura de Blumenau planeja corredores em vias no Norte, Leste e Sul da cidade, mas são obras sem previsões no momento.