01/Março/2018

Mercado Público de Blumenau finalmente sairá do papel

Projeto vencedor está sob responsabilidade do nosso colunista Christian Krambeck


Editora do Cidade Plural/Estudante de Jornalismo na Furb

158 inscrições, 87 projetos entregues e 1 vencedor. Estes foram os números do Concurso Nacional de Arquitetura para a construção do Mercado Público de Blumenau, realizado em 2007 pela Prefeitura.

O projeto vencedor na época está sob responsabilidade do nosso colunista e sócio da Terra Arquitetura e Planejamento, Christian Krambeck, de Blumenau:

“Incentivar realmente e atrair empresários inteligentes, sensíveis e preparados, que além de perceber o potencial de um dos locais mais vivos, rentáveis e diversos do sul do país, com potencial crescente, além de garantir seus lucros e retorno do investimentos, também seja capaz de se preocupar com o futuro e qualidade de Blumenau e Vale do Itajaí”

Onze anos depois, a discussão é retomada e finalmente o edital para a construção deve ser lançado em até 90 dias. O local será na atual Feira Livre, em frente ao Galegão.

Na reunião feita nesta quinta-feira, dia 1, estiveram presentes o vice-prefeito Mário Hildebrandt, o secretário de turismo e presidente do Parque Vila Germânica Ricardo Stodieck, o procurador-geral Rodrigo Jansen e o arquiteto Christian Krambeck.

 

A estrutura com uma área de 7.460 metros quadrados, irá oportunizar que artesãos, produtores e cooperativas artesanais comercializem seus produtos, movimentando e fortalecendo a economia local.

O projeto ainda prevê dois pavimentos e subsolo e contará com 134 vagas de estacionamento, boxes de serviços diversos, cervejaria, floricultura, confeitaria, um espaço para praça de alimentação no piso superior e restaurante.

Além do Christian, o projeto teve arquitetos co-autores: Daniela Pareja Garcia, Osvaldo Rogério Segundo de Oliveira, Carla Caroline Tomaselli, Chiara Mariele Gurgacz Destro, Francisco Refosco Nunes e Sara Karine Moretti.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *