Primavera na XV quer o Centro mais vivo

22 de setembro de 2017

Jornalista, editor do Cidade Plural

Integrar o comércio do Centro de Blumenau com arte, cultura e o espírito das feiras como a Feirinha da Servidão Wollstein, tornando a principal via da cidade um grande calçadão para o lazer. É assim que pode se resumir o Primavera na XV, evento promovido pelo Sindilojas que vai deixar a rua aberta para pedestres das 9h às 17h.

Para tornar a Rua XV um calçadão de lazer, o Sindilojas fez uma parceria com a Microponto Produções, promotora da Feirinha da Servidão Wollstein. O resultado é uma Rua XV transformada não apenas num calçadão, mas com exposições artísticas, shows e estandes de artesanato. Serão mais de 100 atrações ao longo da via.

Responsável pela organização no Sindilojas, Paulo Nicoletti lembra que não é a primeira vez que a XV é transformada em calçadão em um evento de primavera e que a parceria com a Microponto é para trazer a cultura e o lazer tornando o Centro da cidade mais vivo.

“Eu não gosto de usar o termo fechar a rua. Na verdade, nós estamos abrindo, tornando um espaço para todas as pessoas”, comenta Nicoletti. O comerciante cita também o sucesso da Rota de Lazer aos domingos e revela que cogita abrir as portas da sua loja também aos domingos. “Existe uma proposta que trazer a rota para os sábados, começando talvez no período da tarde”, afirma.

Além de shows, artesanato e exposições artísticas, o Primavera na XV contará também com food trucks, além de toda a estrutura do comércio aberta até o final da tarde, além de um bicicletário e aluguel de bicicletas.  Questionado sobre a possibilidade de ocorrer outras edições esse ano, Nicoletti afirma que não há nada definido, mas o foco deverá ser em ações no período do Natal.

Atrações artísticas confirmadas para o Primavera na XV:

Espaço criativo
Carlos Schrubbe (música)
Jean Errado (artes plásticas)
Joao Batista Rodrigues (artas plásticas)
Grupos de dança + Encontro KPop (dança)
Luthier + violinista (música)
Exposição de fotos – Minha Nossa! – Xico Stocker (artes visuais)
Terezinha Manczak – roda de poesias – (literatura)
Aroldo e Orly (música)
Verso (música)
Junior Sofiati (música)
Homicídio Verbal (música)
Leo Vieira (música)
Xiristen (música)
Beatriz Carneiro (música)
Orquestra Blumenauense de Viola Caipira (música)
Gaia (música)
Discotecagem Paulo Guilherme (música)
Skeenes (música)
Simples Assim! (música)
Heróis de Ninguém (música)
Fabiano Marques (música)