11/Abril/2018

Fenatib começa nesta sexta-feira no Teatro Carlos Gomes

Iniciativa prevê apresentações diárias até 20 de abril, sempre com entrada franca.


redacao@cidadeplural.com.br

O 21º Festival Nacional de Teatro para Crianças e Jovens (21º Fenatib) começa nesta sexta-feira, dia 13, às 9h, no Auditório Willy Sievert do Teatro Carlos Gomes.

A iniciativa prevê apresentações diárias até 20 de abril, sempre com entrada franca.

Os espetáculos terão como palco os auditórios Willy Sievert, que tem capacidade para 226 pessoas, e Heinz Geyer, para 790 espectadores, ambos no Teatro Carlos Gomes.

 

A peça de estreia, Vozes de Abrigo, pela Cia. Laica de Curitiba (PR), tem como tema central histórias fictícias e reais de crianças de abrigos.

Trata-se de uma coleção de histórias duras que foram convertidas em metáforas e sonhos para que pudessem vir a público.

Além dessa fonte temática do abrigo enquanto instituição, outras histórias contam situações de acolhimento que não necessariamente estejam vinculados ao abrigo.

A peça com duração de 60 minutos é indicada para crianças a partir de 8 anos.

A autoria e a direção estão sob o comando de Fábio Nunes Medeiros.

 

Reservas

O Inarti e a Fundação Cultural estão reservando ingressos para as instituições de ensino interessadas em acompanhar as peças noturnas.

Esse pacote antecipado refere-se às apresentações previstas para os dias 13, 16 e 17 de abril:

A Festa do Pijama – Grupo Oriundo de Teatro, de Belo Horizonte (MG)

Bolha Luminosa – O Marujo e a Tempestade– Cia. Teatro Lumbra, de Porto Alegre (RS)

Fim? – Grupo Esparrama, de São Paulo (SP)

Um Sonho – Detalhe Teatro, de Blumenau.

As reservas podem ser feitas das 8h30 às 11h30 e das 14h às 17h pelo telefone 3381-6183.

 

CONFIRA ABAIXO A PROGRAMAÇÃO: 

13 de abril, sexta-feira

Espetáculo: A Festa do Pijama – Grupo Oriundo de Teatro – Belo Horizonte (MG)

Autoria: Antonio Hildegrando

Direção: Anna Campos e Antonio Hildebrando

Faixa etária: A partir de 4 anos

Duração do espetáculo: 50 minutos

Sinopse: Infanto-juvenil que agrada também ao público adulto, “A Festa do Pijama” é uma grande celebração ao mundo da criança, povoado por brincadeiras, disputas, histórias e estados emocionais todos próprios do universo infantil como a pirraça e o medo de assombração. Tudo revelado e vivenciado por atores em cena e com trilha sonora executada ao vivo

Local: Auditório Heinz Geyer – Teatro Carlos Gomes

Horário: 19h30

 

14, 15 e 16 de abril, sábado, domingo e segunda-feira

Espetáculo: Bolha Luminosa – O Marujo e a Tempestade – Cia. Teatro Lumbra – Porto Alegre (RS)

Autoria: Alexandre Fávero

Direção: Alexandre Fávero

Faixa etária: Livre

Duração do espetáculo: 60 minutos

Sinopse: A performance Bolha Luminosa estreou em 2005, em Curitiba (PR), e faz parte das dinâmicas experimentais da Cia. Teatro Lumbra, utilizando diferentes linguagens para difundir o teatro de sombras e fomentar a busca de novas ferramentas originais de projeção. O púbico assiste a uma história de um jovem marujo que chega em um porto e conhece uma moça. Os dois se apaixonam. Quando o marujo segue viagem, é pego de surpresa por uma tempestade. A moça, pressentindo o perigo, vai ao encontro dele. Para que o amado seja salvo, um mistério deverá ser revelado. Como testemunhas, apenas a lua cheia e todo o público convidado. É uma atividade para ver, entrar e brincar

Local: Praça do Teatro Carlos Gomes

Horário: 20h

 

17 de abril, terça-feira

Espetáculo: Fim? – Grupo Esparrama – São Paulo (SP)

Autoria: Grupo Esparrama

Direção: Iarlei Rangel

Faixa etária: A partir 5 anos

Duração do espetáculo: 50 minutos

Sinopse: O mundo acabou. Tudo está destruído e só sobraram lixões, campos de guerra, estranhos muros, restos lamacentos de um rio doce e… Duas baratas: Beatriti e Margueriti que, juntas, comemoram este fim. Elas acreditam que agora o mundo será apenas das baratas. Mas o que elas não sabem é que outros dois seres esquisitos e muito atrapalhados também sobreviveram: os palhaços Batatinha e Nerdolino, que agora perambulam pelo mundo com um mapa, uma semente e muita esperança. Empenhados em encontrar um novo começo para a humanidade, eles não desconfiam que estão sendo observados pelas baratas, que criarão divertidas armadilhas para “ajudá-los” a entender que o mundo delas é bem melhor sem eles… Será o Fim?

Local: Auditório Heinz Geyer – Teatro Carlos Gomes

Horário: 19h30

 

17 de abril, terça-feira

Espetáculo: Um Sonho

Autoria: Detalhe Teatro

Direção: Coletiva

Faixa Etária: A partir de 11 anos

Duração do espetáculo: 45 minutos

Sinopse: De modo expressionista e com um tom de comicidade a peça “Um Sonho” retrata situações vividas dentro de um ambiente familiar não muito sadio, trazendo à cena situações de exploração do trabalho infantil na família, abuso de álcool e outros conflitos inerentes a essas realidades. Nesse contexto, “Um Sonho” propõe as resoluções dos conflitos com soluções encontradas dentro da própria estrutura desta familiar

Local: Auditório Willy Sievert – Teatro Carlos Gomes

Horário: 19h

 

Veja a programação completa no site clicando aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *