09/setembro/2018

A Bzzzcifolia em Blumenau

Confira a trajetória do GT Mobilidade do Colmeia


Editora do Cidade Plural/Estudante de Jornalismo na Furb
Bzzzcifolia no Colmeia 2018. Foto: Ana Paula Dahlke

GT Mobilidade surgiu em 2015, durante a quarta edição do Colmeia. A primeira ideia era montar uma sala da bicicleta na edição seguinte, conta Giovani Seibel, moderador do grupo:

“Na primeira reunião que participamos foi questionada a falta de vagas para estacionar os carros durante o evento. Logo como proposta, falamos em criar o Bzzzcicletário, ocupando as vagas de carros na frente do Teatro Carlos Gomes. Assim incentiva as pessoas optarem por uma  forma de mobilidade ativa e sustentável, a bicicleta”.

 

Conheça abaixo um pouco da história do GT no Colmeia:

2016

Em 2016, o GT Mobilidade participava pela primeira vez do evento, com três ações promovidas:

  1. Bzzzcicletário:  Foi ocupado o espaço em frente ao Teatro Carlos Gomes destinado a vagas de carros. Paraciclo de ferro que era do Boos. Foram utilizados os cavaletes do Seterb para prender as bicicletas. Foi feito também uma vaga viva com pallets.
  2. Pedal do Risco: Pedal pelas ruas de Blumenau com objetivo de fotografar as artes do Risco (Clóvis Truppel – criador do COLMEIA) que estão distribuídas na cidade.
  3. Documentários em parceria com o GT Cinema:
  • Boos – Mobilidade Humana
  • Praça de Bolso do Ciclista
  • Plá: tem que ter moral

2017

Nesta edição, o GT Mobilidade teve participação no edital do projeto de extensão da Furb, o Ateliê Vertical, do curso de Arquitetura e Urbanismo,com a proposta de desenvolver um espaço para o Bzzzcicletário, através de uma vaga viva.

Foram construídos seis paraciclos em U invertido para melhor atender quem estivesse de bicicleta. Construção caseira, com reaproveitamento de materiais cedidos pela Furb e com arte final do GT Artes Visuais.

Ações da edição:

  1. Bzzzcicletário: Com seis paraciclos em U invertido, vaga viva utilizando pallets, trabalho realizado em parceria com o Ateliê Vertical.
  2. Exposição do Pedal do Risco: exposição fotográfica do pedal realizado na edição anterior do Colmeia e construção do painel expositor.

COLMEIA no Bicicultura 2018 – Rio de janeiro

Giovani participou este ano do Bicicultura (Encontro Brasileiro de Mobilidade por Bicicleta e Cicloativismo), encontro anual para celebrar e impulsionar a cultura da bicicleta como meio de mobilidade nas cidades brasileiras e nas mais variadas vertentes que ela possibilita, mobilidade, cultura, arte, economia, lazer, ambiente natural, entre outros.

Acontece no Rio de Janeiro, e selecionado no edital, Giovani apresentou a inserção da bicicleta no Colmeia:

“A minha bicicleta foi junto no ônibus e pedalamos muito no Rio de Janeiro. Destaque para a ciclovivência com o BiciFolia (Rio de Janeiro/RJ) e Pedal Sonoro (Niterói/RJ), pedais sonoros pela cidade utilizando uma caixa de som a bateria. Essa cicloexperiência gerou uma ação para o COLMEIA de 2018, o Bzzzcifolia”.

2018

Para este ano, ele propôs as seguintes atividades no Colmeia:

  1. Bzzzcicletário: com mais paraciclos e vaga viva
  2. Bzzzcifolia: com influências do Pedal Sonoro e BiciFolia a proposta foi realizar um pedal pelas ruas centrais da cidade e proximidades, utilizando a caixa de som, fazendo-o sonoro, sugerindo que as bicicletas estejam enfeitadas e quem for pedalar esteja a caráter, fantasiado, promovendo um “desfile” pela cidade, apresentando o evento e reforçando o convite para prestigiá-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *