05/março/2016

A transformação do turismo pela cerveja

Com o o lançamento da Rota Vale da Cerveja não há mais dúvidas: a bebida guia o turismo local


Jornalista, editor do Cidade Plural
Concurso Brasileiro de Cervejas. Mais de mil rótulos e jurados do mundo todo.
Concurso Brasileiro de Cervejas. Mais de mil rótulos e jurados do mundo todo.

Eisenbahn, Bierland, Das Bier, Schornstein, Borck, Zehn Bier, Wunderbier, Oktobier, Heimat, Container, Blumenau, Handwerk, KiezenRuw, Itatahy e Holzweg. As 15 cervejarias citadas são de Blumenau ou cidades próximas, e com a exceção da Borck, criada em 1996, todas elas surgiram a partir da Eisenbahn em 2002. Os últimos 14 anos criaram não apenas uma indústria que continua crescendo no país em meio a crise econômica, mas transformaram o turismo na região.

A criação da Rota Vale da Cerveja, cujo lançamento ocorreu na última quarta-feira (2) em Blumenau, consolida ainda mais a bebida como uma das principais atrações turísticas da região, se não a maior. A milenar bebida uniu empresários do ramo, donos de restaurantes, hotéis, bares, o poder público, instituições de ensino e agentes de outros setores do turismo. Coordenado pelo Senac, o planejamento da Rota Vale da Cerveja custou R$ 84 mil, sendo a metade pega pela Secretaria de Turismo de Blumenau. Outros R$ 200 mil estão sendo investidos para colocar a rota em funcionamento.

Inicialmente, cinco cidades participarão do projeto: Blumenau, Brusque, Guabiruba, Gaspar e Ibirama. Foram montados quatro roteiros que incluem cervejarias, restaurantes típicos e outras atrações da região. Eles estarão a disposição dos turistas nos quatro dias do Festival Brasileiro da Cerveja (9 a 12 de març0) e todos os sábados a partir do dia 19.

CONHEÇA OS ROTEIROS EM VALEDACERVEJA.COM

“Há muito tempo se fala numa rota da cerveja. O que faltava eram os recursos, o poder público entrar de verdade. Isso ocorreu desta vez, as empresas se uniram e temos um resultado. O Vale da Cerveja tem tudo para dar certo”, afirma Carlo Bressiani, diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte.

Para o secretário de Turismo Ricardo Stodieck, a cerveja é uma peça chave para fomentar o turismo o ano inteiro em Blumenau. Ele acredita que o setor irá continuar crescendo e empregando.

“O turismo vai continuar crescendo nos próximos anos, mesmo com a crise, será um papel ainda mais importante na economia, gerando novas vagas de emprego. Blumenau não podia viver somente da Oktoberfest, essa foi uma meta quando entrei na secretaria em 2013. Temos que trazer os turistas o ano inteiro e a cerveja, a gastronomia faz isso. Não é um turismo sazonal”, conta.

FESTIVAL

O lançamento da rota ocorreu exatamente uma semana antes do Festival Brasileiro da Cerveja. O evento iniciado em 2005, mas que pegou força a partir de 2010 chega 8 edição com quase mil rótulos para o público e quase 100% de ocupação na rede hoteleira.

Junto ao festival, haverá uma feira de produtos e o já tradicional Concurso Brasileiro de Cervejas, cujas avaliações começaram a ser feitas no sábado (5). São 51 jurados de diversas partes do mundo analisando 1469 tipos de cervejas brasileiras que foram inscritas.

A premiação do concurso será na terça-feira (8) à noite. O Cidade Plural fará uma grande cobertura a partir de quarta-feira (9) com uma reportagem especial no lançamento e cobertura ao vivo no site e nas redes sociais direto do evento.

Giovanni Ramos
Jornalista, editor do Cidade Plural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *